Discos raros: Odeonette 113 e 119

odeonete-113-11
Odeonette 113

Odeonette foi uma série única na discografia brasileira em 78 rpm de discos com 15cm de diâmetro, lançada na década de 1920 pela Casa Edison do Rio de Janeiro, primeira casa a gravar comercialmente discos no Brasil. Este formato de disco, tão pequeno, é bem peculiar, sendo comum entre colecionadores atuais mencionar que eles seriam feitos para crianças. De fato existem séries de discos infantis europeus das primeiras décadas do século XX em formato pequeno, mas as gravações lançadas em Odeonette não tinham temas infantis. Quase todos os discos traziam de um lado uma gravação do Francisco Alves e do outro uma música popular instrumental para orquestra.

Na Discografia Brasileira -78 rpm, editada pela FUNARTE em 1982 (de autoria de Alcino Santos, Grácio Barbalho, Jairo Severiano & Nirez), constam 14 lançamentos com o selo Odeonette numerados de 101 a 114, todos aparentemente do primeiro semestre de 1927. Contudo, neste trabalho a lista é incompleta pela falta do Odeonette 113, ficando uma incógnita para muita gente de qual seria a gravação lançada neste disco. Eu tive a oportunidade de ter um exemplar do Odeonette 113, que embora com o selo muito apagado (por isto não foi possível aqui mostrar uma boa foto do selo), apresentava muito bom estado. Este disco traz duas gravações instrumentais, no lado A “Lucio Polka”, polca de Lucio Chameck e do lado B “Sou da fuzarca” choro com o Grupo dos Sete Gatos.

Odeonete 119
Odeonette 119

Outro acréscimo intrigante à listagem editada pela FUNARTE que examinei foi o Odeonette 119, que traz duas gravações de Francisco Alves, no lado A “Seu Julinho vem !”, marcha de Freire Junior, e no lado B “O cantor de Jazz”, foxtrot também de Freire Junior. Este disco aparentemente é um relançamento do Odeonette 111 (porém com os lados trocados), apresentando as mesmas músicas e os mesmos números de matriz. Este fato é pouco comum, pois não era usual relançamento de discos lançados pela Casa Edison saírem com números de série distintos.

Abaixo segue as gravações discos Odeonette 113 e 119.

Anúncios

10 comentários

  1. SANDOR!!!!
    Vc pensa nisso: uma música em cada lado! UMA!! Hoje a gente baixa um bilhão delas, coloca num aparelinho de MP3 e vai embora!!! Ouvíamos UMA única música de cada vez!!!
    Olha, eu tinha MUITOS disquinhos infantis neste formato e até hoje conto as histórias, àquelas , para meus filhotes!! Bom demais!
    (só acho q teu texto podia ser mais “levinho”. E não esqueçe: vc tem q divulgar o blog. DIVULGAR!! A idéia é ótima e o conteúdo promete!!! ) beijos e sorrisos

  2. concordo com a monica… pega leve, pode ser que quem esteja lendo ainda seja leigo no assunto e se admirar por essa maravilha toda tem que pegar mais leve. beijos

  3. Grande Sandor, aqui é o seu amigo Paulo da Figaro. Nada de “pegar leve”. Seu texto está ótimo. Outro dia veio uma senhora aqui na livraria querendo um livro “leve”, desses facilitados, para sua filha adolescente, de … l3 anos ! Eu disse a ela que na Inglaterra as crianças de 8 anos já lêem Schakespeare … Porque ficar idiotizando tudo ? Temos de exigir das pessoas que pensem !
    Grande abraço.
    A propósito, tenho um odeonette na coleção e depois vou verificar o número para lhe passar.

  4. A mais… a “Discografia Brasileira em 78 rpm” não traz as informações do lado B destes disquinhos Odeonettes. Gênero, autor, intérprete, matriz, etc. Se o amigo puder me passar eu ficaria grato. Parabéns o texto é maravilhoso. Abraços do Ricardo Manzo (www.collectors.com.br).

  5. Oi Ricardo, que satisfação ter um cometário seu. No lado B dos discos Odeonette, em geral, tinham gravações estrangeiras, por isto não constam na “Discografia Brasileira em 78 rpm”. Eu tenho alguns destes discos, vou te passar os dados. Um abraço!

  6. O que sei sobre discos Odeonete é o que me foi passado pelo colecionador Leon Barg.
    101a – Braço de cera, samba (Nestor Brandão) Fco. Alves
    101b – Navarra – orquestra
    102a – Fumando espero, tango (Villadomat-Garso-Abelardo Carvalho) Francisco Alves
    102b – Te quero, fox trot – Jazz Band
    103a – Ai Seu Mé, marcha (Freire Jr – Careca) Fco. Alves
    103b – O brinquedo, shimmy – Orquestra de dança
    104a – Nosso jahú, marcha (Freire Jr) Fco. Alves
    104b – Quando vês a minha tia, shimmy – Jazz Band
    105a – Chuá chuá, canção (Zeca Ivo – Sá Pereira) Fco. Alves
    105b – Bambolina, fox trot – Orquestra
    106a – Samba da madrugada, samba (Sarvador Correa) Fco. Alves
    106b – Meu primo Nick, one step – Orquestra
    107a – Bambo bambu, canção (Patricio Teixeira – Donga) Fco. Alves
    107b – Chili bom bom, shimmy – Orquestra de dança
    108a – Morena do sertão, canção (Freire Jr) Fco. Alves
    108b – El gallito, two step – orquestra
    109a – Pinta pinta melindrosa, marcha (Freire Jr.) Fco. Alves
    109b – Meu benzinho se chama bebé, fox trot – Jazz Band
    110a – Rosa meu bem, canção (J. Thomaz) Fco. Alves
    110b – Ah! Madame, one step – Jazz band
    112a – Meu bem, samba (Silva) Orquestra Sete Gatos
    112b – Talvez não te lembras, valsa (F. F. Costa) Orq. e Gatos
    113a –
    113b – Lúcio polca, polca (Lucio Chameck) Orq. 7 Gatos
    114a – Saudades de Portugal, valsa – Luperce Miranda
    115b – Lá vai madeira, choro (Luperce Miranda) Luperce Miranda
    117a – Muleque namoradô, fox trot (Hekel Tavares) Fco Alves
    117b – Não ria, cena cômica
    119a – Seu Julinho vem, marcha (Frere Jr) Fco. Alves
    119b – Cantor de Jazz, fox trot (Freire Jr) Fco Alves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s